Notícias » África

Leões são mortos por armadilha para capturar animais selvagens no Quênia

Além deles, quatro hienas e um elande também morreram devido à ação de caçadores que tentam pegar sua carne

Isabela Barreiros Publicado em 05/10/2020, às 16h59

Imagem ilustrativa de leão
Imagem ilustrativa de leão - Pixabay

No parque nacional Masai Mara, no Quênia, três leões foram mortos por uma armadilha que tinha como intuito capturar animais selvagens. As autoridades afirmaram que os animais foram presos pela perna na artimanha colocada por caçadores que tentam pegar sua carne.

Em sua página no Facebook, o Programa de Conservação de Predadores Mara, responsável pelos leões, escreveu: “É com tremenda tristeza que anunciamos a trágica morte de Rafiki, Lenkume [e] um dos filhos de Lenkume”.

Ainda segundo o comunicado, os animais “foram vítimas de um agrupamento de armadilhas mortais de carne de caça e presumimos que foi isso que atraiu os leões e as hienas ao local, onde também ficaram presos em armadilhas”.

“Vamos nos lembrar desses lindos leões quando estavam vagando pelo Mara”, afirmaram com pesar. Além dos leões, mais quatro hienas e um elande também foram capturados pela armadilha e morreram. Agora, os responsáveis pelo local irão investigar a região para ter certeza que não há mais nenhuma armadilha do mesmo tipo.