Notícias » Reino Unido

Livro revela desavenças entre Harry e príncipe Charles

Obra detalha crises e relacionamento passivo-agressivo de membro da realeza britânica

Alan de Oliveira | @baco.deoli, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 23/04/2022, às 11h20

Príncipe Charles e seu filho Harry
Príncipe Charles e seu filho Harry - Getty Images

O príncipe Harry devolveu o presente de aniversário de seu pai, o príncipe Charles, e teve uma briga homérica com o irmão mais velho, William, antes de anunciar sua saída da família real britânica.

As tensões entre o filho mais novo de Charles e a princesa Diana (1961-1997) com sua família são reveladas no livro da jornalista Tina Brown, intitulado "Windsor House - Truth and Turmoil".

O jornal britânico Daily Mail relata trechos da obra de Brown chamando a atenção para a crise que existe entre Harry, seu pai e seu irmão, que antecedem o início de seu relacionamento com a atriz Meghan Markle (sua atual esposa do príncipe e mãe de seus dois filhos).

O Harry era um homem muito, muito raivoso. Ele e o William definitivamente tiveram algumas brigas homéricas. Também não ajuda a desenvoltura de Harry em público. Quando o William ia fazer um discurso, tudo precisava ser roteirizado, desde o começo (...) Já o Harry, muito parecido com o Príncipe Philip, sempre soube ser descontraído”.

Um pouco dos bastidores no livro

O livro também aborda a decepção da família real com Harry, principalmente depois que ele terminou seu relacionamento com a atriz Cressida Bonas, em 2014 — a realeza a apontava como um dos motivos da maturidade do príncipe.

No entanto, ela se cansaria do comportamento turbulento e aborrecimento dele. Pouco antes do rompimento, Bonas até o aconselhou a procurar tratamento. A família real o recomendou a um terapeuta do Serviço Secreto Britânico MI6, mas ele recusou a oferta. 

Outra abordagem do escritor expõe o relacionamento passivo-agressivo com seu pai, contando sobre um terno personalizado que ele devolveu como presente de aniversário de 30 anos.

Na estimativa do ex-membro do imperio real, um braço do traje era mais curto que o outro. "Ele colocou na mesma caixa como uma analogia para o relacionamento deles", escreveu no livro.

Harry e o conselheiro pessoal da família real não comentaram publicamente o livro de Tina Brown. O príncipe renunciou aos deveres reais em janeiro de 2020 para morar em Los Angeles com sua esposa e filhos.