Notícias » Segunda Guerra Mundial

Local de acidente de avião da Segunda Guerra ganha status de proteção pelo Reino Unido

O Lockheed P-38 está enterrado há dois metros da areia na costa norte do país — durante os últimos 77 anos, a aeronave ficou visível somente em três ocasiões

Fabio Previdelli Publicado em 12/11/2019, às 15h38

Imagem aérea da aeronave Lockheed P-38 que caiu em acidente em setembro de 1942
Imagem aérea da aeronave Lockheed P-38 que caiu em acidente em setembro de 1942 - Bangor University

O local em que um avião de combate americano caiu, ao norte do País de Gales, durante a Segunda Guerra Mundial recebeu o status de ‘proteção’ pelas autoridades do Reino Unido, que enxergam na aeronave um grande significado histórico e arqueológico.

A Cadw, uma agência proteção de monumentos históricos do governo galês, afirmou que essa foi a primeira vez que um local de acidente de aeronaves militares no Reino Unido passou a ser legalmente protegido.

A aeronave Lockheed P-38 está enterrada há dois metros sob a areia da costa Harlech, na região de Gwynedd. De acordo com a agência, o sitio é considerado um dos locais de acidente de aeronaves militares mais bem preservados do país.

A aeronave Lockheed P-38 está enterrado há dois metros sob a areia da costa Harlech, na região de Gwynedd / Crédito: Bangor University

 

O avião foi descoberto em 1970. Durante esse período, só ficou visível outras duas vezes desde que caiu, em 2007 e 2014.

O acidente com o Lockheed P-38 aconteceu em setembro de 1942, quando o segundo tenente Robert F. Elliot, de 24 anos, teve dificuldades durante uma missão prática de artilharia. Elliot conseguiu escapar com vida, mas acabou desaparecendo em uma outra ação apenas alguns meses depois.

Seu sobrinho, que também se chama Robert Elliot, um veterano aposentado da Marinha, comentou a decisão: “Estou honrado e satisfeito pelo Cadw ter reconhecido oficialmente o P38F do meu tio como um local antigo de preservação”.

O Lockheed P-38 foi descoberto uma primeira vez na década de 1970. De lá pra cá, ele só ficou visível outras duas vezes desde que caiu, em 2007 e 2014 / Crédito: Bangor University

 

"Meu tio estava entre os bravos e experientes pilotos de caça que serviram com excelência durante a Segunda Guerra Mundial. Minha visita ao local com minha esposa Cathy, em 2016, foi muito comovente e emocional”.

O vice-ministro da Cultura, Esporte e Turismo do Reino Unido, Lord Elis Thomas, declarou que a designação ajudará a proteger o local para o benefício das gerações futuras. “Sítios como esse representam eventos que não devem ser esquecidos. O País de Gales sempre se lembrará e respeitará todos aqueles que contribuíram para garantiar a paz que temos a sorte de desfrutar hoje”.


Saiba mais sobre a Segunda Guerra Mundial:

1. A Segunda Guerra Mundial: Os 2.174 dias que mudaram o mundo, de Martin Gilbert (2014) - https://amzn.to/2NK0OJo

2. A Segunda Guerra Mundial, de Antony Beevor (2015) - https://amzn.to/2Ql4W4i

3. Memórias da Segunda Guerra, de Winston Churchill (2015) - https://amzn.to/2CL3UXg

4. A Segunda Guerra Mundial: Histórias e Estratégias, de Philippe Masson (2010) - https://amzn.to/34WmOqe

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.