Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Lula diz que vai “tomar a faixa democraticamente” de Bolsonaro

Petista também alegou que oponente “vai ter que aprender a perder”

Redação Publicado em 18/06/2022, às 10h58

O ex-presidente Lula - Getty Images
O ex-presidente Lula - Getty Images

Durante discurso para apoiadores em Maceió, Alagoas, realizado na última sexta-feira, 17,o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva — pré-candidato à Presidência — disse que vai “tomar a faixa [presidencial] democraticamente” de Jair Bolsonaro

Além do mais, o petista ainda rebateu as diversas referências golpistas feitas pelo atual mandatário brasileiro. Segundo matéria publicada pela Folha de São Paulo, Lula declarou que Bolsonaro “vai ter que aprender a perder”.

“Se essa gente pensa que a gente vai ter medo das bravatas dele. Se essa gente acha que a gente vai ter medo dos milicianos. Se essa gente pensa que a gente vai ter medo dele ficar anunciando: 'Vai ter golpe. Não vou passar a faixa'. Nós não queremos que ele passe [a faixa]. A gente vai tomar aquela faixa democraticamente", declarou. 

Ele vai ter que aprender que a democracia é maior do que ele. Ele vai ter que aprender que a vontade do povo brasileiro é maior do que a vontade das pessoas que estão com ele. Ele vai ter que aprender a perder”, continuou. 

Ironias ao pedido à Biden

Por fim, o ex-presidente Lula aproveitou a ocasião para ironizar o pedido de ajuda que Bolsonaro fez para o presidente norte-americano Joe Bidenalgo que o atual chefe de Estado diz ser apenas “especulação”

Do jeito que a gente está, pode juntar ele, o [Donald] Trump e quem mais ele quiser. Nós vamos desamarrar e quebrar as correntes desse país”, encerrou o petista.