Notícias » Personagem

Lutador cubano Mijaín López ganha quatro medalhas de ouro e se iguala a grandes nomes olímpicos

Com quatro vitórias seguidas, o campeão agora se encontra ao lado de Carl Lewis e Al Oerter, do atletismo, e Michael Phelps, da natação

Giovanna Gomes sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 03/08/2021, às 14h18

O atleta nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016
O atleta nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016 - Getty Images

Após ter conquistado quatro medalhas de ouro nas Olimpíadas de Tóquio, o lutador cubano Mijaín López tornou-se um dos poucos atletas que, no decorrer da história, conseguiram realizar tal feito. Agora ele se encontra ao lado de Carl Lewis e Al Oerter, do atletismo, e Michael Phelps, da natação.

A quarta medalha do atleta de luta greco-romana veio na última segunda-feira, 2, quando López venceu o georgiano Iakobi Kajaia por 5 a 0, na categoria de até 130 quilos. Após a luta, o campeão chegou a realizar uma videochamada com o presidente de Cuba, Míguel Días-Canel.

O político ainda publicou a seguinte mensagem em suas redes sociais parabenizando o lutador de 39 anos: "Quatro medalhas olímpicas de ouro para sua Pátria. Nenhum ponto perdido nos Jogos de Tóquio. Quanta coragem, quanta valentia. Temos grande respeito e admiração por você. Cuba te admira e te abraça."

Mas, apesar de seu destaque em Tóquio, López ainda não sabe ao certo se participará dos Jogos de Paris-2024. "No ano que vem, devo decidir se continuo ou se encerro minha carreira. A idade também influencia. Eu chegaria com 41 anos e tenho que pensar muito bem. Uma derrota para mim seria muito difícil", declarou.