Notícias » OVNI

Luz misteriosa surge no céu da Sibéria e desaparece sem deixar vestígios em região emblemática

Nenhum fragmento de meteorito foi encontrado até agora, aumentando as especulações sobre o OVNI

Redação Publicado em 18/03/2019, às 09h48

OVNI é visto no céu da Sibéria
The Siberian Times/Reprodução

Um Objeto Voador Não Identificado foi registrado por moradores da Sibéria neste final de semana.

Uma misteriosa bola brilhante cortou o céu durante a noite mudando de cor de verde para amarelo e depois para laranja em uma área remota da região de Krasnoyarsk.

"A noite ficou clara e quente, como se uma lâmpada gigante estivesse ligada no céu", relatou a testemunha do avistamento, Pyotr Bondarev, da aldeia de Tura para o Siberian Times. "Era por volta das 19h30, estava escuro. Eu estava do lado de fora fazendo uma caminhada com minha esposa e meus filhos, quando o céu brilhou verde e amarelo. Muitas pessoas viram e ficaram muito animadas", completou.

Outros moradores tiveram a impressão que o objeto estava realizando um "pouso forçado".

Até o momento, nenhum fragmento de meteoro ou meteorito foi encontrado por especialistas na região, aumentando as especulações sobre a origem do OVNI.

Assista ao vídeo com a queda AQUI.

185 vezes pior que a bomba de Hiroshima

Há 111 anos, a explosão do meteoro Tunguska devastou a mesma região remota. Estima-se que a força do impacto tenha superado em 185 vezes a explosão da bomba atômica jogada em Hiroshima, no Japão, no fim da Segunda Guerra Mundial.

Mais de 2 mil quilômetros quadrados de floresta foram destruídos depois que uma bola de fogo - que se acredita ter cerca de 100 metros de largura - rasgou a atmosfera e explodiu, de acordo com cientistas. Cerca de 80 milhões de árvores foram destruídas e milhares de carcaças de renas carbonizadas.

O mais curioso é que Tunguska explodiu de três a onze quilômetros acima da superfície da terra. Apesar da carnificina, não havia cratera de impacto. Não houve ainda relatos de vítimas na área pouco povoada, apesar da força destrutiva de massa.