Notícias » Estados Unidos

Macacos do zoológico da Califórnia são vacinados contra o coronavírus

Utilizando uma vacina experimental feita para animais, o zoo de San Diego imunizou orangotangos e bonobos

Alana Sousa Publicado em 05/03/2021, às 12h35

Imagem meramente ilustrativa de vacina
Imagem meramente ilustrativa de vacina - Divulgação/Pixabay

Após o início da vacinação em massa em grande parte do mundo, a próxima preocupação dos especialistas é imunizar os animais contra o coronavírus. Ainda que não seja muito comum, algumas espécies testaram positivo para o vírus desde o início da pandemia.

Um caso em particular aconteceu no zoológico de San Diego, na Califórnia, Estados Unidos. Em janeiro de 2021, oito gorilas apresentaram sintomas da Covid-19, testes confirmaram a infecção dos primatas, conforme noticiou o portal UOL.

Pensando nisso, Nadine Lamberski, chefe de conservação e vida selvagem do zoo, decidiu arriscar e vacinou os animais utilizando a vacina experimental da farmacêutica veterinária Zoetis. A comprovação da eficácia virá daqui algumas semanas.

Desde que o primeiro cão foi infectado pelo coronavírus, em Hong Kong, os estudiosos começaram uma corrida para desenvolver uma vacina segura também para os bichos. Até o momento, apenas gatos e cachorros haviam sido vacinados; esta é a primeira vez que primatas passam pelo processo de imunização.

A preocupação é grande já que, assim como os humanos, os macacos vivem em grupos de famílias. Os primatas estão ameaçados e integram a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN).

Os orangotangos e bonodos que receberam as duas doses não apresentaram nenhuma reação, mas apenas com os exames será provada a eficácia. O plano é que  no futuro outros zoológicos possam imunizar seus animais.