Black Friday Amazon 2021
Notícias » Entretenimento

Madonna causa polêmica ao posar em cama que reproduz leito de morte de Marilyn Monroe

Marilyn Monroe morreu aos 36 anos, em 1962, em decorrência de uma overdose

Isabela Barreiros Publicado em 01/11/2021, às 11h53

Madonna em ensaio para a V Magazine
Madonna em ensaio para a V Magazine - Divulgação/V Magazine

Madonnase tornou alvo de uma polêmica nas redes sociais após a divulgação de um ensaio fotográfico em que a cantora posa sob uma cama que reproduz o leito de morte da atriz Marilyn Monroe.

As fotografias mostram a Rainha do Pop deitada e seminua em cima da cama da mesma forma como Monroemorreu há quase 60 anos, quando deixou o mundo aos 36 anos em decorrência de uma overdose, que também foi retratada no ensaio.

Na cama, Madonna também deita ao lado de comprimidos, fazendo referência à causa da morte da icônica atriz, cuja cena da morte acabou por ser recriada nos registros fotográficos para a revista V Magazine.

Internautas começaram a criticar a cantora pop nas redes sociais afirmando que reproduzir o leito de morte de Marilyn foi uma atitude de bastante “mau gosto”, além de especialmente “mórbida”. 

"Isso é desrespeitoso com Marilyn Monroe. Por que alguém vai recriar a cena de morte de outra pessoa?", escreveu um dos usuários do Twitter.

"Isso é muito mórbido, V Magazine. Vocês deixaram a Madonna recriar a cena da morte de Marilyn. Isso é de muito mau gosto e nojento, não há nada de glamour sobre a morte dela. Os fãs estão muito ofendidos com isso", disse outra pessoa, como repercutiu o UOL.

O fotógrafo Steve Klein, responsável pelo ensaio, publicou uma nota explicando que ele e Madonna tiveram como inspiração a última sessão de fotos de Marilyn Monroe antes de sua morte, realizada pelo fotógrafo Bert Stern

“Quando enviei à Madonna as fotos [do ensaio de Monroe], ela foi tomada pela fragilidade de Marilyn naquele momento da vida. Decidimos encontrar uma suíte de hotel e tentar capturar a ligação entre uma estrela e a câmera, o mistério e a magia dessa colaboração criativa. Esperamos ter feito justiça ao grande trabalho de Bert Stern e Marilyn Monroe”, escreveu.