Notícias » Venezuela

Maduro celebra encontro com EUA: 'Respeitoso, cordial e muito diplomático'

Venezuelano comentou que, durante encontro, bandeira das duas nações ficaram ‘lindas’ lado-a-lado: “Unidas, como devem estar”

Fabio Previdelli Publicado em 08/03/2022, às 11h49

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela - Getty Images

Em meio às sanções aplicadas à Rússia, após a invasão à Ucrânia, os Estados Unidos passaram a enfrentar um problema: de onde o país iria comprar petróleo? A questão parece encaminhar para solução. 

Afinal, durante o último final de semana, representantes do alto escalão norte-americanos estiveram em Caracas, na capital da Venezuela. Na última segunda-feira, 7, inclusive, a secretária de Imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, participou de uma entrevista transmitida ao vivo de Washington. 

Entre os assuntos abordados, a porta-voz confirmou que o país negocia a importação de petróleo com a Venezuela. Nicolás Maduro, presidente venezuelano, também se pronunciou sobre o assunto, no mesmo dia, em uma reunião do Conselho de Vice Presidentes.

“No sábado passado, chegou à Venezuela uma delegação dos Estados Unidos da América do Norte. Os recebi aqui no Palácio Presidencial. Tivemos um encontro que eu poderia qualificar como respeitoso, cordial, muito diplomático”, disse Maduro. 

Fizemos um encontro, no escritório presidencial, ali estavam as bandeiras dos EUA e da Venezuela e elas ficaram lindas. Unidas, como devem estar”, continuou o venezuelano. 

“Conversamos por quase duas horas e concordamos em avançar numa agenda de temas de interesse. Achei muito importante conversar cara a cara temas de interesse da Venezuela e do mundo”, concluiu.