Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Ucrânia

Mãe de brasileiro morto na guerra da Ucrânia desabafa: 'A dor é insuportável'

Em publicação, a mãe de Douglas Búrigo desabafa sobre a morte do brasileiro na guerra da Ucrânia

Redação Publicado em 04/07/2022, às 20h09

Douglas Búrigo morto na guerra na Ucrânia - Divulgação/Arquivo pessoal
Douglas Búrigo morto na guerra na Ucrânia - Divulgação/Arquivo pessoal

Após a morte do brasileiro Douglas Búrigo, durante um bombardeio nas proximidades de Kharkiv, na Ucrânia, sua mãe postou uma foto nas redes sociais relatando a dor da família ao receber a notícia da morte que ocorreu na última sexta-feira, 1°.

Em uma publicação no Facebook, neste domingo, 3, a mãe do ex-militar do Exército, Douglas Búrigo, descreveu o sentimento com a perda do combatente para a guerra. O gaúcho também deixou uma filha de 15 anos.

Meu filho amado Douglas Búrigo a dor é insuportável, rasga meu peito, sangra meu coração, dilacera minha alma por saber que não mais te verei, não ouvirei tua voz e que a hora da tua partida chegou.", declara Cleuza na publicação.

Cleuza Marizah Rodrigues Búrigo, se desculpa "pelas vezes que com certeza falhei com você como mãe" e descreve a dor da família com a escolha de Douglas ao ir para a guerra: "Teu pai está aqui sofrendo muito, chorando muito, tentando entender por que tu quis ir". 

Comentários de amigos 

Amigos de Douglas Búrigo, 40, também comentaram na publicação, oferecendo seus sentimentos à família e compartilhando momentos que viveram com "Dodo", como era conhecido.

"Também não acredito , falei com ele no dia que vi que tinha ido e disse tem certeza que você quer realmente ir? Ele me disse foi tudo muito rápido e aqui estou já. Não estou acreditando, ele era mais que um amigo, um filho , um irmão. Um abraço a cada um de vocês, e só Deus pra amenizar esta dor", escreveu uma amiga.

"Tia nos criamos juntos tinha um carinho enorme p ele não consigo parar de pensar e lembrar dele não sei o que falar e o que fazer p tentar diminuir a dor de vcs mas pode ter certeza onde ele estiver estará bem tinha um coração enorme ....", comentou outro amigo na publicação de Cleuza.

O pai de Douglas, Pedro Elson Vieira Búrigo, também comentou sobre o ocorrido em seu perfil: “Recebemos hoje (domingo) a notícia de que perdemos nosso filho na Ucrânia".