Notícias » Personagem

Mãe de Britney Spears entra com pedido na Justiça para que filha possa escolher o próprio advogado

De acordo com jornal, Lynne Spears declarou que a filha é capaz de tomar decisões e cuidar de si

Penélope Coelho Publicado em 08/07/2021, às 10h26

Montagem com fotografias de Britney em 2016 e de sua mãe no ano de 2004
Montagem com fotografias de Britney em 2016 e de sua mãe no ano de 2004 - Getty Images

Segundo informações da CNN internacional, repercutidas na última quarta-feira, 7, pelo portal de notícias UOL, a mãe da cantora Britney Spears, Lynne Spears, entrou recentemente com um pedido na Justiça norte-americana, para que a filha tenha o direito de contratar o advogado que irá representá-la no caso de sua tutela.

Recentemente, o antigo representante da artista, Samuel Ingham, entrou com um pedido de demissão. O homem havia sido nomeado pelo tribunal.

A decisão do advogado aconteceu justamente após o comovente depoimento da cantora de 39 anos e mãe de dois filhos. Em audiência virtual, a estrela pediu para que seu pai, Jamie Spears, não fosse mais seu responsável legal.

Na ocasião, Britney definiu a tutela como abusiva e entre os inúmeros apelos, também pediu para que pudesse escolher seu representante no tribunal.

De acordo com a CNN, após o apelo da filha, a mãe da cantora informou através de seus advogados que a realidade atual da artista pop é muito diferente daquela que ela enfrentava quando seu pai foi nomeado como seu tutor, em 2008.

Na ocasião, Britney enfrentava problemas psicológicos. Agora, Lynne revela que a filha tem condições de cuidar de si mesma e tomar todas as decisões que ela considera que sejam plausíveis para seu futuro.

Mesmo com o apelo de Spears, que revelou que foi impedida tomar decisões financeiras e pessoais, a juíza responsável pelo caso negou o pedido da cantora. Com isso, Jamie continua como tutor da artista e agora o único, após a empresa que dividia a tutela pedir para ser removida do caso. A próxima audiência está marcada para acontecer em 14 de julho.


Sobre o caso

Desde 2008, Spears não possui a capacidade legal de tomar decisões por conta própria, seu pai é o responsável pela tutela. Desde então, Britney tem que pedir autorização para o progenitor. No ano de 2007, a artista passou por uma crise e perdeu a gerência de quase todos os segmentos de sua vida artística e particular.

Britney iniciou uma batalha judicial contra o pai para que pudesse recuperar o controle de sua vida, tanto pessoal quanto de sua carreira. O caso continuará sendo julgado pelas autoridades norte-americanas, contando com inúmeras audiências para discutir a situação da cantora. 

O caso envolvendo Britney ganhou ainda mais espaço na mídia após a divulgação do documentário ‘Framing Britney Spears’.