Notícias » Crimes

Por 26 anos, mãe mantém filha presa dentro de casa, sem água, luz e comendo ração pra gatos

O caso ocorreu na Rússia e a acusada justificou os maus-tratos ao dizer que queria "proteger" a vítima do mundo exterior

Vanessa Centamori Publicado em 26/06/2020, às 15h50

Nadezhda Bushueva, que foi encarcerada pela mãe, na Rússia
Nadezhda Bushueva, que foi encarcerada pela mãe, na Rússia - Divulgação

Por longos 26 anos, uma mulher chamada Nadezhda Bushueva, que hoje já tem 42 anos de idade, foi mantida presa pela própria mãe dentro de casa, na vila Arefinsky, no oeste da Rússia. A residência não tinha luz ou água corrente, além de estar infestada de roedores

As informações foram divulgadas pelo UOL. Às autoridades locais, a vítima contou que não tomava banho desde 2006 e era obrigada a dividir a cama com a mãe. A acusada, Tatyana, justificou que seu objetivo era "protegê-la dos perigos do mundo".

A descoberta do caso de maus-tratos só veio à tona quando a mãe foi hospitalizada. Em entrevista ao jornal The Sun, a oficial local, Vasily Tovarnov, disse que a vítima detalhou que a familiar a proibiu de trabalhar e estudar, assim que ela terminou o colégio. 

Nadezhda disse ainda que se alimentava de comida para gatos. Havia vários felinos na residência e corpos de animais em decomposição. "Minha vida é pior que a vida de um gato. Gatos têm mais direitos. Eu nem existo mais. Eu sou uma morta-viva", desabafou a mulher, que foi conduzida à assistência social.