Notícias » Entretenimento

“Maior brasileiro de todos os tempos”: Novela narrará história de Dom Pedro II

‘Nos Tempos do Imperador’ estreia no próximo dia 9 de agosto. Confira mais detalhes!

Fabio Previdelli Publicado em 27/07/2021, às 10h22

Selton Mello será Dom Pedro II em nova trama
Selton Mello será Dom Pedro II em nova trama - Divulgação/TV Globo/Paulo Belote

No próximo dia 9 de agosto, a Rede Globo estreará sua primeira novela inédita desde o início da pandemia de Covid-19, trata-se de ‘Nos Tempos do Imperador’, que será ambientada entre 1856 e 1870 e narrará a história, como o próprio nome sugere, do imperador Dom Pedro II

A trama de Thereza Falcão e Alessandro Marson, segundo explica matéria do UOL, estava programa para ter estreado no começo do ano passado, mas, devido as medidas de proteção e o agravamento da pandemia, as gravações precisaram ser postergadas. 

A narrativa marcará a volta de Selton Mello às telinhas após mais de duas décadas — ele será o protagonista da história. Em coletiva de imprensa, Falcão deu mais detalhes de como explorará o personagem:  

"Ele era muito querido, foi eleito o maior brasileiro de todos os tempos com toda razão. A gente escolheu destacar a relação dele com ensino, cultura, patrocínio à ciência. Estamos carentes de um líder que pense no Brasil". 

Apesar da ambientação do século 19, a trama tratará de temas atuais, como a luta dos negros. "A gente queria trazer personagens negros que não fossem escravizados como a gente costuma ver. Veremos personagens negros complexos, livres, fazendo sua procura pela abolição. A abolição não é resultado de uma canetada", explica Falcão

Além de Selton, ‘Nos Tempos do Imperador’ também contará com grandes nomes em seu elenco, como Mariana Ximenes, Letícia Sabatella, José Dumont e Alexandre Nero — este último viverá Tonico, o vilão da trama, que será um futuro candidato a deputado na Bahia.  

“O Tonico é um personagem ficcional, mas é assustadoramente real. Não tenho como defender de forma alguma. Ele é a personificação do mal. Não adianta olhar só pra fora, ele também está em cada um de nós. Nós fomos criados dessa forma. O país é racista, escravocrata. Ele fala coisas absurdas”, descreve o ator.