Notícias » México

Mais de 300 tartarugas são encontradas mortas no México

Animais da espécie Lepidochelys olivacea são listadas como vulneráveis

Fabio Previdelli Publicado em 28/10/2021, às 14h45

Imagem de uma tartaruga oliva
Imagem de uma tartaruga oliva - Divulgação/ Projeto Tamar

Segundo informações de um funcionário do Ministério do Meio Ambiente do México, ao menos 300 tartarugas foram encontradas mortas na costa do Pacífico. Primeiros exames apontam que elas seriam tartarugas oliva (Lepidochelys olivacea).

De acordo com um porta-voz do Ministério, os animais acabaram morrendo afogados. O funcionário diz acreditar que eles, muito provavelmente, ficaram presos em redes de pescas ilegais que estão em alto-mar, ou nas chamadas “redes fantasmas”, que foram abandonadas no oceano. 

Conforme divulgado pela BBC do Reino Unido, as Lepidochelys olivacea são listadas como vulneráveis pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) — que alerta que a população da espécie está diminuindo. 

Os animais foram encontrados na praia de Morro Ayuta, na costa oeste do México. De acordo com a BBC, a região é um dos locais onde as tartarugas oliva visitam no período de desova. Segundo Ernesto Albavera Padilla, especialista na espécie, todas elas eram fêmeas.