Black Friday Amazon 2021
Notícias » Arqueologia

Mais de 5.000 moedas romanas de prata são encontradas na Alemanha

Nas margens de um rio em Augsburgo, arqueólogos desenterraram uma pilha de moedas

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 17/11/2021, às 16h48

Moedas romanas de prata encontradas na Alemanha
Moedas romanas de prata encontradas na Alemanha - Divulgação / Kunstsammlungen und Museen Augsburg, Stadtarchäologie

Descoberta mais cedo este ano, 2021, uma pilha com mais de cinco mil moedas encontrada às margens de um rio na cidade de Augsburgo na Alemanha foi definida como sendo composta de uma das moedas de troca do Império Romano, o denário, pequenos círculos de prata, numerário de maior circulação na época.

Segundo os pesquisadores responsáveis por esta descoberta, a quantia havia sido enterrada há cerca de 1800 anos atrás, na época de maior força de Roma, o século III depois de Cristo, no qual o império se estendia da ponta mediterrânea da Europa até o Oriente Médio, incluindo parte do norte africano.

A cobertura do portal de notícias científicas Live Science explica que a pilha de moedas foi encontrada por Sebastian Gairhos, diretor do Serviço de Arqueologia de Augsburgo, e não havia nada além do dinheiro enterrado lá. 

Moedas romanas de prata encontradas na Alemanha - Divulgação / Kunstsammlungen und Museen Augsburg, Stadtarchäologie

 

Os pesquisadores começaram a investigar cada uma das moedas para mapear o ano em que foram enterradas e ter mais pistas sobre o porquê de esconder cerca de 5.500 denários, e quem poderia ter feito isto.

O professor Stefan Krmnicek, da Universidade de Tubinga na Alemanha, aposta que a pilha nem mesmo foi enterrada onde foi encontrada.

“Nós atualmente temos a hipótese de que a pilha foi enterrada no começo do século III fora da cidade romana de Augusta dos Vindélicos, perto da Via Claudia Augusta”, informou.

Augusta dos Vindélicos foi um município romano que ficava entre os rios Lico e Vindo, além de ser a capital de Récia, uma das regiões do Império. A Via Claudia Augusta, por sua vez, era uma estrada romana que cruzava os Alpes na época.