Notícias » Indonésia

Mais de uma década depois, homem dado como morto em tsunami é encontrado com vida

O ex-policial estava longe de seus familiares, que acreditavam que ele havia sumido no desastre que abalou a Indonésia em 2004

Alana Sousa Publicado em 19/03/2021, às 09h10

O ex-policial Abrip Asep que havia sido declarado morto
O ex-policial Abrip Asep que havia sido declarado morto - Divulgação

Há mais de uma década, em 2004, um tsunami devastou a Indonésia, deixando em ruínas cidades costeiras do Oceano Índico. 16 anos mais tarde, um homem que tinha sido dado como morto foi encontrado com vida por seus familiares.

Conforme divulgado pelo portal UOL, o ex-policial Abrip Asep passou os últimos anos em um hospital psiquiátrico, enquanto sua família acreditava que ele tinha sumido para sempre em meio à catástrofe.

Quando um de seus parentes viu uma foto de Asep nas redes sociais, reconheceu que se tratava de Abrip. Em entrevista ao jornal The Sun, o homem — não identificado — falou: “Eu não conseguia acreditar, quase 17 anos sem notícias e pensávamos que ele tinha falecido, não sabíamos que ele ainda estava vivo”.

Devastação na cidade de Aceh / Crédito: Wikimedia Commons

 

Em comunicado, um porta-voz da polícia de Aceh disse que Asep sofreu com um transtorno mental depois de vivenciar o desastre: “Embora ele [Abrip] esteja passando por uma doença mental devido ao tsunami, sua família está muito grata por tê-lo encontrado vivo”.

O abalo, um terremoto seguido por um tsunami aconteceu em 26 de dezembro de 2004 e deixou 230 mil pessoas mortas, além de 51 mil desaparecidos. A catástrofe foi uma das piores a atingir a Indonésia, devastando a ilha de Samatra e o estado de Banda Aceh.