Notícias » Arqueologia

Mais de uma dezena de esqueletos são escavados no leste da Estônia

Pesquisadores envolvidos na descoberta acreditam que se trata de um cemitério moderno, contendo ossos de homens, mulheres e crianças

Isabela Barreiros Publicado em 19/06/2020, às 08h00

Esqueleto encontrado em Sillamäe
Esqueleto encontrado em Sillamäe - Sergei Stepanov/ERR

Escavações realizadas no centro da cidade de Sillamäe, ao leste da Estônia, revelaram um possível cemitério antigo que guardava por volta de 12 esqueletos. Os pesquisadores acreditam que a descoberta pode ajudar na compreensão de condições de vida e saúde dos indivíduos que viveram na região entre os séculos 16 e 18.

"Eu sugeriria que as pessoas locais foram enterradas porque encontramos homens, mulheres e crianças. Mas também temos um enterro duplo, onde dois homens são enterrados no mesmo túmulo; é possível que isso tenha sido resultado de uma praga, por exemplo”, explicou o arqueólogo Martin Malve.

Crédito: Sergei Stepanov/ERR

 

É possível que o local tenha sido um cemitério moderno, principalmente devido ao fato de muitos dos esqueletos estarem próximos, provavelmente em covas quase vizinhas.

Especialistas da Universidade de Tartu irão analisar os achados da rua principal da cidade para poder compreender melhor a vida daquelas pessoas. "Nosso objetivo é fazer com que esses esqueletos falem o máximo possível", afirmou Malve.