Notícias » Estados Unidos

Mais três ex-policiais estão sendo investigados pela morte de George Floyd

Além de Derek Chauvin, Tou Thano, Thomas Lange e J. Alexandre Jung serão acusados de favorecer o crime brutal

Paola Churchill Publicado em 04/06/2020, às 07h00

Derek Chauvin no vídeo que mostra a morte de George Floyd
Derek Chauvin no vídeo que mostra a morte de George Floyd - Divulgação

Além de Derek Chauvin, policial que asfixou até a morte George Floyd, mais três outros ex-policiais serão acusados pelo homicídio, segundo o procurador-geral de Minessota Keith Ellison.

Tou Thano, Thomas Lange e J. Alexander Jung serão julgados por favorecer o assassinato de Floyd no dia 25 de maio. Após a viralização do vídeo, várias manifestações antirraciais começaram a ser feitas em territórios americanos.

Além disso, várias pessoas e entidades de militância negra estão pedindo uma maior punição para Derek, que está preso preventivamente em uma prisão de segurança máxima. O ex-policial está sendo acusado por homicídio culposo.

A morte de Floyd pela violência policial foi o estopim para uma série de protestos antirracistas por todo tos EUA. Milhares de cidadãos clamando por justiça tomaram as ruas em plena pandemia.