Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Maldivas estão construindo uma cidade flutuante para 20 mil pessoas

Criadores do projeto estimam que local já estará apto para receber moradores em 2024

Ingredi Brunato, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 21/06/2022, às 14h04

Imagem mostrando como será o projeto após finalizado - Divulgação/ Dutch Docklands
Imagem mostrando como será o projeto após finalizado - Divulgação/ Dutch Docklands

O arquipélago de Maldivas, localizado no oceano Índico, é um famoso destino turístico, em particular devido à beleza de suas praias.

Esse é, contudo, um país em perigo de desaparecer: isso pois o derretimento das calotas polares gera um aumento da altura dos oceanos, e 80% de seu território está apenas 1 metro acima do nível do mar. 

Para remediar essa situação, foi criado o Projeto Maldivas, que está construindo uma cidade flutuante projetada para abrigar 20 mil moradores. A responsável pela infraestrutura do lugar é a Dutch Docklands, empresa internacional da área. 

As construções serão presas ao piso oceânico através de uma armação de concreto, que, todavia, permitirá movimento suficiente para que toda a cidade ondule suavemente ao sabor das ondas, conforme repercutido pelo UOL. 

Futurista

Um detalhe importante é que o projeto levou em conta seu impacto ambiental, contando inclusive com autorização governamental antes que fosse iniciado. Pra reduzir danos à natureza, o local será cercado por uma barreira de corais artificial, que poderá estimular o ecossistema da região, e obterá eletricidade através de energia solar.

Dessa forma, a iniciativa do arquipélago turístico, embora não necessariamente inédita, aprende com os erros de propostas anteriores, como as ilhas artificiais de Dubai, que impactaram negativamente a fauna e flora da região. 

Por fim, é preciso mencionar que aqueles que quiserem morar na cidade futurista de Maldivas precisarão desembolsar entre 150 mil 250 mil dólares (correspondentes, respectivamente, a 770 mil e 1,2 milhões de reais).  

Confira abaixo um vídeo dando um vislumbre do futuro município: