Notícias » Personagem

Manauara detecta 46 asteroides e ganha reconhecimento de agência internacional

Geovana Sousa, de 21 anos, é estudante do 1º período de curso de física

Fabio Previdelli Publicado em 04/12/2021, às 10h21

A estudante Geovana Sousa
A estudante Geovana Sousa - Arquivo pessoal

Aluna do 1º período do curso de física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), a manauara Geovana Sousa, de 21 anos, ganhou destaque por ter identificado 46 novos asteroides.

Participante de um projeto do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), que conta com uma parceria com a NASA, a estudante recebeu, pelo feito, um certificado de reconhecimento da agência internacional. 

A astronomia é minha paixão de vida, o motivo de eu acordar todos os dias, que é fazer ciência", diz a jovem em entrevista ao G1

Geovana conta que, desde pequena, sonhava em ser astronauta e se encantava vendo os planetas. Mais recentemente, ela decidiu trocar Manaus pelo Ceará para viver sua paixão, já que o estado nordestino, segundo ela, valoriza muito a ciência e a astronomia. 

"A oportunidade aqui para minha área é sensacional. A ciência e a astronomia aqui são muito valorizadas. Então usei a nota do Sisu para conseguir estudar aqui, está sendo uma experiência maravilhosa para mim", diz. 

Apesar do processo avaliativo da NASA para a detecção de novos asteroides durar anos, a jovem diz que já sabe com quais nomes irá batizá-los. 

“Quando ocorre essas novas detecções de asteroides que vão para a preliminar ainda ocorre um longo período de avaliação, que dura de 6 a 8 anos para realmente haver a confirmação do novo asteroide. Poderei nomear os asteroides como desejar. Por enquanto tive a liberdade nos códigos e já fiz homenagem para familiares, amigos e instituições nas quais tenho apreço", conclui.