Notícias » Brasil

Manaus recebe caminhões vindos da Venezuela com mais de 100 mil m³ de oxigênio

Os cilindros chegaram à capital amazonense na noite de ontem, 19, e foram enviados pelas autoridades venezuelanas para o auxílio no combate a crise de saúde registrada no local

Penélope Coelho Publicado em 20/01/2021, às 09h47

Imagem meramente ilustrativa de um cilindro de oxigênio
Imagem meramente ilustrativa de um cilindro de oxigênio - Divulgação/Samuel Ramos/ Unsplash

De acordo com informações publicadas pelo portal de notícias G1, na noite da última terça-feira, 19, por volta das 21h40 da noite, cinco caminhões vindos da Venezuela, carregando mais de 100 mil m³ de oxigênio, chegaram a Manaus.

Os cilindros foram enviados como doação por parte do governo venezuelano para ajudar a capital amazonense que atualmente enfrenta uma grande crise em seu sistema de saúde. Em decorrência do aumento do número de internações causadas pela Covid-19, os hospitais estão sem leito e sem equipamentos essenciais para tratarem os pacientes, como o oxigênio.

Os caminhões saíram da cidade de Puerto Ordaz, passaram por Pacaraima e Boa Vista, até chegarem a Manaus pela BR-174. A carga será de grande ajuda já que atualmente o consumo diário dos cilindros no Amazonas é de 76 mil m³ e a capacidade de entrega das empresas que fornecem o equipamento é de 28.200 m³.

Ontem, o Amazonas iniciou o processo de vacinação contra o novo coronavírus, pelos profissionais da saúde. Sabe-se que o estado recebeu 282 mil doses da vacina CoronaVac.

Atualmente, a situação no local é a pior já registrada desde o início da pandemia, em março de 2020. De acordo com os últimos dados dos órgãos de saúde, mais de 6,4 mil pessoas morreram em decorrência do vírus no estado.