Notícias » Estados Unidos

Manchas em rochas trazem evidências sobre extinção dos dinossauros

Pesquisadores analisaram pequenos pontos brancos em rochas localizadas em um rio no Texas, EUA; entenda

Penélope Coelho Publicado em 02/04/2022, às 10h13

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação/Pixabay/geralt

Recentemente foi divulgado na revista Geology um estudo que analisa pequenas manchas brancas encontradas em rochas ao longo do rio Brazos, no Texas, Estados Unidos.

De acordo com os envolvidos na pesquisa, as chamadas de ‘lapilli’ podem ajudar a dar mais pistas sobre o asteroide que há 66 milhões de anos causou a extinção dos dinossauros.

De acordo com informações publicadas na última sexta-feira, 1, pelo jornal O Globo, os pontos brancos em questão surgiram em decorrência do impacto do asteroide com a Terra.

Segundo os estudiosos, a ação desencadeou uma espécie de ‘poeira’ de rochas que foi se espalhando por milhares de quilômetros, quando o planeta registrava temperaturas muito altas.

Agora, os pesquisadores pretendem investigar a relação das manchas com o dióxido de carbono que permaneceu na atmosfera após o asteroide colidir com a Terra. O objetivo dos especialistas é entender as mudanças climáticas ao redor do globo.

Confira a pesquisa completa neste link.