Notícias » Estados Unidos

Manifestantes contra Putin nos EUA derramam vodka russa no chão como protesto

Em boicote contra produtos da Rússia, bares oferecem shots de bebida ucraniana com lucro destinado a Cruz Vermelha

Wallacy Ferrari Publicado em 27/02/2022, às 11h21

Funcionários de bar derramam vodka em calçada como protesto
Funcionários de bar derramam vodka em calçada como protesto - Divulgação / Facebook / Evil Pie

Em meio a diversos protestos contra a operação militar russa que resulta na invasão do território ucraniano, alguns norte-americanos encontraram uma forma curiosa de boicotarem os produtos da Rússia e protestarem contra a guerra.

Bares dos Estados Unidos não apenas estão deixando de servir a famosa vodka russa, como prometem destruir suas garrafas no país e trocá-las pela vodka produzida pela Ucrânia.

Um dos estabelecimentos que fizeram questão de aderir, como informa o portal UOL, foi o Evil Pie, localizado em Las Vegas. Por lá, eles estão descartando as garrafas restantes da bebida tradicional russa por US$ 300 (equivalente a R$1,5 mil), mas obrigando o cliente a destruí-la ou descartar todo o conteúdo do recipiente.

O valor da garrafa é destinado a instituições de apoio aos ucranianos. Quem sai ganhando é a vodka ucraniana, que passa a ser servida inclusive um modalidade de shots, com seu lucro revertido em doações para a Cruz Vermelha Internacional.

Outros bares de diversas regiões distintas do país, como Oregon e Vermount, manifestaram publicamente a aversão ao produto russo, buscando enfraquecer sua relevância cultural e financeira. Em conjunto, publicaram vídeos despejando a bebida alcoólica em calçadas, sendo amplamente compartilhados nas redes sociais.