Notícias » Estados Unidos

Marinha dos EUA decide banir bandeira dos Estados Confederados

A nova ordem impede que o símbolo da Guerra Civil Americana seja usado em navios, aeronaves e bases da instituição militar

Pamela Malva Publicado em 10/06/2020, às 15h30 - Atualizado às 15h30

Imagem meramente ilustrativa da Bandeira dos Estados Confederados
Imagem meramente ilustrativa da Bandeira dos Estados Confederados - Divulgação

Em meio aos protestos contra o racismo nos Estados Unidos, a Marinha norte-americana decidiu banir a bandeira da batalha dos Estados Confederados de seus veículos. O anúncio foi feito através de comunicado oficial da organização militar.

Segundo a agência Reuters, a nova ordem prevê que a bandeira não seja mais apresentada em espaços públicos dos navios, aeronaves e bases da Marinha dos EUA. Inicialmente, a instrução partiu do almirante Mike Gilday, o chefe de operações navais.

Ainda em comunicado, a Marinha afirmou que “a ordem visa garantir a coesão da unidade, preservar a boa ordem e a disciplina e defender os principais valores de honra, coragem e comprometimento” da instituição.

Em tons de azul, vermelho e branco, a bandeira dos Estados Confederados foi utilizada pelos estados do Sul durante a Guerra Civil Americana, entre 1861 e 1865. Para muitos, o símbolo representa ódio racial, opressão e um capítulo sombrio da história dos EUA.