Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Ucrânia

Mariupol: Mais de 100 cadáveres são encontrados sob escombros em residência

Cidade se tornou um símbolo da destruição causada pela invasão russa

Fabio Previdelli Publicado em 27/06/2022, às 14h15

Cidade de Mariupol, na Ucrânia, após bombardeio russo - Divulgação/Vídeo/DailyMail
Cidade de Mariupol, na Ucrânia, após bombardeio russo - Divulgação/Vídeo/DailyMail

Nesta segunda-feira, 27, Petro Andryushchenko, conselheiro do prefeito de Mariupol, na Ucrânia, informou que mais de 100 cadáveres de civis foram localizados sob escombros em uma residência local. 

Mariupol. Novas descobertas tristes. Durante uma inspeção de prédios no distrito de Livoberezhny, em uma residência destruída pela explosão de uma bomba, foram encontrados mais de 100 corpos. Os cadáveres estão ainda sob os escombros. Os ocupantes não têm a intenção de sepultá-los", disse o conselheiro por mensagem no Telegram.

Segundo a agência ANSA, tanto Petro quanto o prefeito Vadym Boyachenko não estão mais na cidade, mas ambos continuam a ser informados da situação por lá através de lideranças municipais e amigos. 

Ainda foi divulgado que, embora os russos insistam para que os corpos sejam deixados no local, diversos moradores continuam mantendo esforços para exumar e enterrar as vítimas de maneira digna. A prioridade tem sido pessoas que morreram em escolas infantis ou em áreas de recreação para jovens. 

A situação de Mariupol

Após a invasão russa à Ucrânia, iniciada em 24 de fevereiro, a cidade de Mariupol foi tomada pelas tropas da Rússia semanas depois, em 18 de maio. Desde então, a região tem se tornado um símbolo da destruição da guerra, com cerca de 90% dos prédios e residências destruídos por bombardeios. Estima-se que as vítimas tenham passado dos 20 mil.