Notícias » Ciência

Medicação desenvolvida na Idade Média ainda é efetiva em enfermidades atuais, diz estudo

Feito a partir de componentes simples, o remédio demonstrou ser eficaz contra bactérias que circulam atualmente

Penélope Coelho Publicado em 31/07/2020, às 13h17

Imagem ilustrativa de um remédio
Imagem ilustrativa de um remédio - Pixabay

Um estudo realizado pela Universidade de Warwick, na Inglaterra, analisou uma espécie de medicamento utilizado durante a Idade Média e chegou à conclusão de que sua fórmula ainda é bem eficiente.

De acordo com o artigo publicado pela revista científica Scientific Reports, na última terça-feira, 28, os especialistas recriaram o remédio conhecido como Bad’s eyesalve (colírio do Bald na tradução literal para o português).

Essa espécie de xarope medieval era feito a partir de cebola, alho vinho e sais biliares, após diversas análises, os pesquisadores concluíram que o medicamento tem capacidade de agir contra atividades bacterianas de um organismo. Os cientistas ficaram surpresos após perceberem a eficácia da solução em gêneros resistentes de bactérias atuais, como por exemplo, o Staphylococcus e o Streptococcus.

"O colírio de Bald enfatiza a importância do tratamento médico ao longo do tempo [...] Isso mostra que, no início da Inglaterra medieval, as pessoas tinham pelo menos alguns remédios eficazes.", informou a coautora do estudo, Christina Lee, em comunicado oficial. Atualmente, os especialistas esperam que essa descoberta ajude no desenvolvimento da medicina e na criação de novos medicamentos eficazes contra bactérias.