Notícias » Família Real

Meghan Markle já quis trabalhar com política internacional, diz site

Segundo a PERFIL, antes de ser atriz e Duquesa de Sussex, a norte-americana pensou em se dedicar à diplomacia na Argentina

Pamela Malva Publicado em 12/03/2021, às 13h00 - Atualizado às 13h10

Fotografia de Meghan Markle em meados de 2018
Fotografia de Meghan Markle em meados de 2018 - Wikimedia Commons

Em meados de 2002, Meghan Markle estava quase conquistando seu diploma em jornalismo quando conseguiu um estágio na Embaixada dos Estados Unidos em Buenos Aires, na Argentina. De acordo com o site PERFIL, foi nesse momento que ela cogitou abandonar a comunicação para se dedicar à política e à diplomacia.

Naquela época, a jovem norte-americana tinha 20 anos e buscava terminar sua graduação na Northwestern University School of Communication. Trabalhando na área de comunicação da embaixada, então, ela passou uma temporada no país latino.

“A Argentina passava por uma desvalorização econômica e Paul O’Neill, nosso secretário do Tesouro, estava lá”, narrou Meghan Markle, em entrevista à revista Vogue realizada em 2013. “Eu tinha 20 anos e aí tive a convicção de que faria carreira na política.”

Quando questionada pela PERFIL, a embaixada norte-americana confirmou a participação de Meghan em sua equipe de estagiários de 2002. O órgão, no entanto, não concedeu mais informações sobre a estadia da atual duqeusa, por motivos legais.

Foi apenas mais tarde, já com o diploma em mãos (ela graduou-se em 2003), que Meghan conheceu o teatro. Ainda em entrevista à Vogue, inclusive, a atriz contou que o período passado na Argentina a ajudou a moldar sua personagem na série Suits — sua última produção de sucesso antes que se tornasse esposa do Príncipe Harry, em 2018.