Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Menina de 4 anos encontra mãe e irmão mortos a facadas na sua casa

A criança pediu socorro contra o suspeito, namorado da mãe, que faleceu em confronto policial

Alan de Oliveira | @baco.deoli | sob supervisão de Wallacy Ferrari Publicado em 03/06/2022, às 13h20

Mãe Daniela Luiz e filho Gustavo Luiz dos Santos - Reprodução/MSTV 1ª Edição
Mãe Daniela Luiz e filho Gustavo Luiz dos Santos - Reprodução/MSTV 1ª Edição

Gustavo Luiz dos Santos, 14, e sua mãe Daniela Luiz, 30, foram mortos pelo namorado dela, na região de Ribas do Rio Pardo, Mato Grosso do Sul, na noite desta quarta-feira, 1. A polícia civil diz que a filha de 4 anos, saiu correndo e gritando por ajuda após ver os familiares serem assassinados por facadas.

O jornal 'MSTV 1ª Edição' noticiou o caso em uma afiliada local da TV Globo e apurou que o suspeito tinha o nome de João José Furtado Nunes, 32. Porém, ele foi localizado pelas autoridades na quinta-feira, 2 e morreu ao não querer se entregar, chegando a trocar tiros com a polícia.

A violência não parou nas mortes de mãe e filho. Na averiguação do local onde o suspeito foi descoberto, a mãe de Daniela foi encontrada desmaiada, no chão da casa, sendo rapidamente levada para o hospital mais próximo com ferimentos graves.

Até o momento desta publicação, não há uma nova atualização em seu quadro médico e ela se encontra internada, estado grave, na Santa Casa de Campo Grande.

Revolta e comoção local

O crime causou indignação, revolta e pesar na cidade. A mulher foi encontrada em um quarto nos fundos da residência, enquanto seu filho estava em outro cômodo. A filha mais nova de Daniela, tentou reanimar a mãe e depois o irmão, ambos sem sucesso e com isso, seu corpo e roupas ficaram manchadas. Após as frustrações, em total desespero, saiu da casa clamando por socorro.

A menina foi resgatada por moradores próximos, de imediato levada ao alojamento de uma empresa da região e, em seguida, encaminhada às autoridades. Segundo uma amiga da vítima, ela e o namorado estavam juntos há poucos meses e o relacionamento deles estava com problemas.