Black Friday Amazon 2021
Notícias » Crimes

Meninos de Belford: Pai de um dos desaparecidos entra para o tráfico para vingar morte do filho

Segundo a PM, Anderson de Jesus, que foi preso na última sexta-feira, 29, se juntou a facção após saber que o filho foi assassinado

Fabio Previdelli Publicado em 01/11/2021, às 10h57

Meninos de Belford Roxo que foram mortos por traficantes
Meninos de Belford Roxo que foram mortos por traficantes - Divulgação/ Polícia Militar

Na última sexta-feira, 29, Anderson de Jesus foi preso durante uma operação da Polícia Militar na Comunidade da Palmeira, no Rio de Janeiro. Conduzido à 54ª DP, ele se identificou como pai de Lucas Matheus, de 9 anos, um dos três meninos desaparecidos e mortos em Belford Roxo.

Anderson explica que, após saber da morte dos filhos, conforme noticiou a equipe do site do Aventuras na História, se alistou no tráfico de drogas para tentar vingar a morte dos garotos. Ele estava sob posse de um fuzil calibre .556, de acordo com a juíza Rachel Assad da Cunha

Na delegacia, ele se identificou como o pai do Lucas Matheus e disse que entrou para a facção para descobrir o assassino e vingar a morte do filho”, disse o delegado José Mário Salomão, da 54ª, ao G1. 

Jesus foi preso junto a outras seis pessoas, todas elas fazem parte de um grupo criminoso e estavam trocando tiros com rivais do Comando Vermelho — facção apontada pelas autoridades como responsável pela morte dos meninos, que foram vistos pela última vez no dia 27 de dezembro de 2020. 

Autuado por associação ao tráfico e porte de arma de uso restrito, Anderson foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), unidade responsável pela investigação dos jovens — Alexandre Silva (de 11 anos) e Fernando Henrique (de 12), além de Lucas Matheus (9).

No domingo, 31, uma audiência de custódia foi realizada e Anderson de Jesus teve sua prisão em flagrante convertida em preventiva.