Notícias » Alec Baldwin

Mesmo com mandado, Alec Baldwin não entrega celular para polícia

Autoridades investigam a morte da diretora Halyna Hutchins, no set de ‘Rust’

Penélope Coelho Publicado em 14/01/2022, às 07h53

Alec Baldwin, em 2019
Alec Baldwin, em 2019 - Getty Images

Em dezembro de 2021, as autoridades do Novo México, nos Estados Unidos, emitiram um mandado para apreender o celular do ator Alec Baldwin, com objetivo de investigar a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins.

Em outubro do ano passado, Halyna foi vítima de uma tragédia no set de filmagem do filme de velho oeste ‘Rust’. O tiro fatal que atingiu a diretora foi disparado pela arma manuseada por Baldwin. Ele afirma que não puxou o gatilho.

De acordo com informações publicadas pela agência de notícias AFP, na última quinta-feira, 13, o ator de 63 anos de idade ainda não entregou seu aparelho de telefone para a polícia.

Como revela a reportagem, nas redes sociais, Alec diz que está disposto a colaborar com a investigação, mas, justifica a demora na entrega do celular afirmando que o processo ‘leva tempo’.

Segundo a ordem judicial, o objetivo com a apreensão do telefone é averiguar uma troca de e-mails entre o ator e a armeira do filme, em que supostamente discutiam qual arma seria usada nas gravações.