Notícias » Música

Há 18 anos, Michael Jackson pendurava o filho de 9 meses na varanda de um hotel

A cena chocou o mundo durante a estadia do Rei do Pop em um hotel em Berlim, na Alemanha

Wallacy Ferrari Publicado em 19/11/2020, às 10h31 - Atualizado às 13h07

Michael Jackson com "Blanket" na varanda
Michael Jackson com "Blanket" na varanda - Getty Images

Em 19 de novembro de 2002, Michael Jacksonestava hospedado no Adlon Hotel, em Berlim, visitando o país poucos dias após ir ao tribunal de Santa Mônica para depor sobre uma suposta quebra de contratos de 21 milhões de euros para a realização de dois shows. Na época, o astro não estava em turnê devido a uma briga com a gravadora Sony, tratando de resolver questões empresariais pelo mundo.

Nas pausas, como sempre fazia questão, o astro acordou pela tarde e brincou com os filhos que o acompanhavam, antes de mandar um tchauzinho para os fãs que aguardavam sua aparição na janela. Quando surgiu, levou a multidão que estava em frente a portaria à loucura, mandando beijos, acenando e fazendo algumas brincadeiras.

No quarto andar, o astro sumiu em poucos segundos, retornando ao apartamento. Para a alegria dos fãs, ele retornava com o filho Prince Michael II, carinhosamente apelidado como “Blanket” (“cobertor”, em tradução livre), envolto em uma toalha e segurado no torso pelo cantor. Porém, a feliz surpresa de presenciar uma raríssima aparição dos filhos do astro acabou se tornando um susto.

Criança pendurada

De maneira desajeitada, o Rei do Pop tirou um dos braços de suporte do filho para proteger a toalha que escondia o rosto. Dessa maneira, com apenas um braço, Michael bispos o filho para fora da varanda, transformando os gritos fanáticos em gritos de susto em poucos instantes. Com o braço em torno do peito do caçula, o risco de queda chamou a atenção da imprensa.

Imediatamente, diversos flashes de luz foram disparados em decorrência das dezenas de fotografias do momento incomum. A falta de sustento com o braço esquerdo e a preferência em segurar a manta que cobria a face da criança assustou a imprensa, visto que a chance de queda era eminente.

A tentativa de mostrar o garoto durou apenas quatro segundos — o suficiente para Michael retornar para o quarto rapidamente após o ato. Em seguida, apenas o astro reaparece, segurando o pano que cobriu o rosto de “Blanket” e atirando contra o público. Por fim, brincou de se esconder em uma cortina e se despediu com outro aceno.

Estátua londrina feita em 2012 na janela de um estúdio / Crédito: Divulgação

 

Influência do episódio

As filmagens e fotografias do episódio foram amplamente noticiadas pelo mundo como mais um ato de imprudência do ídolo, resultando em um comunicado oficial, redigido pelo próprio cantor: “Cometi um erro terrível. Deixei-me levar pela emoção do momento. Mas nunca colocaria intencionalmente em risco a segurança dos meus filhos”, como noticiou o jornal português Público.

As desculpas não foram suficientes, visto que o ato se tornou um símbolo da cultura pop durante o início dos anos 2000, manchando a imagem do astro. A cena foi parodiada em diversos meios, como nos desenhos Family Guy e South Park, além de ser reproduzida pelo rapper Eminem na janela de um prédio, tendo uma boneca arremessada para o alto.

Em 2012, a cena foi alvo de outra polêmica; fãs do cantor se revoltaram após o surgimento de uma escultura em tamanho real de uma figura, semelhante a Michael Jackson, segurando uma criança de rosto coberto na janela de um estúdio em Londres. De acordo com o UOL, a obra foi feita pela artista sueca Maria von Kohlere e refletia a "ignorância, crueldade e falta de compaixão" em uma reflexão dobre a fama e a idolatria.


+Saiba mais sobre Michael Jackson em grandes obras disponíveis na Amazon:

Intocável: A estranha vida e a trágica morte de Michael Jackson, por Randall Sullivan (2013) - https://amzn.to/2SaoTKz

Michael Jackson, por J. Randy Tamborelli (2012) - https://amzn.to/3aZRZom

Michael Jackson, o rei do pop, por Chris Roberts (2010) - https://amzn.to/2vxg9G

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W