Notícias » Brasil

Michel Temer acredita que ataques de Bolsonaro a outros Poderes não devem continuar: ‘Isto é coisa do passado’

Recentemente, o ex-presidente se encontrou com Bolsonaro para redigir uma declaração sobre o assunto; entenda

Redação Publicado em 10/09/2021, às 07h20

Michel Temer, em 2016
Michel Temer, em 2016 - Getty Images

Na última quinta-feira, 9, o ex-presidente do Brasil, Michel Temer, concedeu uma entrevista à CNN e falou sobre a atual gestão de Jair Bolsonaro (sem partido).

Segundo revelado na reportagem, na ocasião, Temer afirmou que acredita que após a declaração pública de Bolsonaro realizada ontem, 9, o presidente não irá mais atacar os outros Poderes.

“Aquelas frases no estilo ‘não vou cumprir decisão judicial’, eu acho que a partir de hoje, pelo menos muito fortemente essa sensação na conversa muito objetiva que Bolsonaro comigo, eu sinto isto é coisa do passado", disse o ex-presidente em entrevista.

Sabe-se que o Dia da Independência do Brasil, comemorado em 7 de setembro, foi marcado por protestos em apoio ao atual governo. Na ocasião, Bolsonaro afirmou que não iria acatar os pedidos do Ministro do Supremo Tribunal, Alexandre de Moraes, e ameaçou o STF.

Em recente depoimento, o presidente negou que tenha intenção de não cumprir ordens da Justiça e atacar os outros Poderes. Segundo revelado na publicação, Temer ajudou na escrita do documento.

“Ao meu modo de ver, este documento que tivemos oportunidade de sugerir, colaborar, é um documento que revela um compromisso dele com a constituição, com a harmonia entre os Poderes”, afirmou Michel.