Notícias » Brasil

Ministério Público denuncia streamer gamer por estupros de vulnerável

‘RaulZito’, como é conhecido, aproveitava de sua popularidade com jovens e crianças para se aproximar das vítimas

Redação Publicado em 24/08/2021, às 09h58

RaulZito em entrevista
RaulZito em entrevista - Divulgação/Youtube/MiniPodcast

De acordo com informações publicadas na noite da última segunda-feira, 23, pelo portal de notícias UOL, o youtuber do ramo de games, Raulino de Oliveira Maciel, conhecido popularmente como RaulZito, foi denunciado por estupro de vulnerável pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

O influenciador digital está preso em Santa Catarina desde o dia 27 do mês passado. O homem está sendo investigado por autoridades do RJ de ter abusado de duas crianças.

As idades das vítimas chamam atenção: 10 e 11 anos. Os abusos teriam acontecido pelo menos quatro vezes entre fevereiro e maio deste ano, os crimes teriam sido cometidos dentro da casa de uma das crianças, em Niterói, Rio de Janeiro.

Segundo os responsáveis pela investigação, RaulZito usava da fama que tinha com o público jovem e infantil para se aproximar das vítimas. No caso investigado, o streamer gamer conhecido por transmitir partidas do jogo ‘Fortnite’ — popular entre crianças — entrou em contato com um menor de idade através das redes sociais e pediu para conhecê-lo.

A mãe da criança não desconfiou de nada e aceitou hospedar o homem em sua casa. Na ocasião, outro menor de idade também teria sido convidado.

No local, o influenciador digital cometeu os abusos definidos pelas autoridades como “brincadeiras de cunho sexual". Caso condenado pelo ato libidinoso, RaulZito pode pegar pena de oito a 15 anos de prisão.