Notícias » Brasil

Ministro da Justiça, André Mendonça é diagnosticado com novo coronavírus

Com o anúncio, ele é o 13º ministro do governo de Jair Bolsonaro que também testou positivo para a síndrome respiratória

Wallacy Ferrari Publicado em 25/11/2020, às 11h25

Retrato fotográfico do ministro da Justiça André Mendonça durante posse
Retrato fotográfico do ministro da Justiça André Mendonça durante posse - Wikimedia Commons

Na tarde da última terça-feira, 24, a assessoria do Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgou que o ministro da pasta, André Mendonça, foi diagnosticado com covid-19. De acordo com o comunicado direcionado à imprensa, Mendonça está bem e "permanecerá em isolamento em casa nas próximas semanas”.

Mendonça já havia sido internado em setembro após ter mal-estar durante uma madrugada, sendo diagnosticado com miocardite aguda, uma inflamação do músculo do coração que pode ser causada após adquirir um vírus. O ministro chegou a passar por um cateterismo na ocasião, descartando a suspeita de infarto, como noticia o portal G1.

Antes de André, outros doze ministros foram infectados com o novo coronavírus, sendo eles Eduardo Pazuello, da Saúde; Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo; Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional; Bento Albuquerque, de Minas e Energia; Milton Ribeiro, da Educação; Onyx Lorenzoni, da Cidadania; Marcos Pontes, de Ciência, Tecnologia e Inovações; Wagner Rosário, da Controladoria-Geral da União; Braga Netto, da Casa Civil; Jorge Oliveira, da Secretaria-Geral; Marcelo Álvaro Antônio, do Turismo e Fábio Faria, das Comunicações.

Sobre coronavírus no Brasil

Uma pesquisa divulgada em 18 de novembro por Domingos Alves, responsável pelo Laboratório de Inteligência em Saúde (LIS) da Faculdade de Medicina da USP, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, apontou que os dados epidemiológicos da covid-19 no Brasil apontam que o acréscimo de casos em outubro e novembro indicam que o país passa por uma segunda onda de contaminação.

Na ocasião, o pesquisador explicou que o acréscimo será "mais parecida com a dos EUA do que com a da Europa, porque a Europa conseguiu controlar de verdade a transmissão, que voltou com força depois do verão, quando as pessoas foram viajar e trouxeram novas cepas do vírus para casa".


+Saiba mais sobre política por meio de grandes obra disponíveis na Amazon:

Notas sobre o anarquismo eBook Kindle, de Noam Chomsky (2015) - https://amzn.to/3dpsoqc

Fogo e fúria: Por dentro da Casa Branca de Trump eBook Kindle, de Michael Wolff (2018) - https://amzn.to/39i0ucy

Os bestializados: O Rio de Janeiro e a República que não foi eBook Kindle, de José Murilo de Carvalho (2019) - https://amzn.to/3drezru

O lulismo em crise: Um quebra-cabeça do período Dilma (2011-2016) eBook Kindle, de André Singer (2018) - https://amzn.to/2Uhw0ms

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W