Notícias » Ásia

Ministro do Interior de Hong Kong renuncia por conta de festa

Evento ocorreu durante a pandemia, logo após pedido da cidade para evitar aglomerações

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 31/01/2022, às 16h13

Caspar Tsui, antigo ministro do Interior de Hong Kong
Caspar Tsui, antigo ministro do Interior de Hong Kong - Divulgação / YouTube / 政府新聞處 Information Services Department, HKSARG

Caspar Tsui, o ministro do Interior de Hong Kong, renunciou ao seu cargo nesta segunda-feira, 31, por ter feito parte de uma festa de aniversário onde dezenas de parlamentares e autoridades apareceram. O evento ocorreu logo após anúncio do governo que pedia que a população da cidade evitasse aglomerações. 

O anúncio foi feito por meio de um comunicado, onde Caspar Tsui se manifestou sobre o ocorrido, dizendo: "Apresentei minha renúncia à chefe de governo e pretendo deixar meu cargo hoje".

Ele continuou, falando um pouco sobre o seu papel no governo de Hong Kong durante o combate contra o covid-19: "Como uma das principais autoridades na luta contra a epidemia, não dei o melhor exemplo durante o recente surto."

A festa teria acontecido durante o dia 3 de janeiro, dentro de um restaurante espanhol, enquanto o governo tinha uma política rígida de "covid zero", de acordo com informações da AFP.

Uma lista com aqueles que foram convidados para a festa foi divulgada depois de uma investigação feita por autoridades, que buscavam rastrear a origem de um caso de covid-19.