Notícias » Arqueologia

Misterioso poço do século 19 é descoberto nos Estados Unidos

O fosso histórico foi encontrado sob um sumidouro anteriormente desconhecido pelas autoridades

Isabela Barreiros Publicado em 13/12/2020, às 08h00

Imagem do poço descoberto nos EUA
Imagem do poço descoberto nos EUA - Divulgação - Bart Thompson

Ao colocarem um celular com luzes LED em uma corda e baixá-lo até o fundo, pesquisadores descobriram que um antigo sumidouro levava a um antigo poço histórico, desconhecido até agora. A descoberta foi feita no Ronan Park, em Boston, nos Estados Unidos. 

Os especialistas acreditam que o fosso data do século 19, mas que as chuvas fizeram com que o sumidouro em si fosse formado, por meio do solo se soltando com o impacto das águas. 

“A forma como o poço está posicionado no solo, atualmente está sob cerca de 10 pés de enchimento que é trazido para o local para criar o Ronan Park em 1912”, disse o arqueólogo Joe Bagley, envolvido nos trabalhos. “O topo do poço está localizado 10 pés abaixo dele e o poço tem cerca de 6,5 pés de profundidade. Isso faz com que a abertura total do parque tenha cerca de 5 metros de profundidade”. 

Segundo ele, o poço tem cerca de 2,5 metros de largura. Acredita-se que o terreno em questão tenha sido esquecido ao longo dos anos até ser comprado por um fabricante de móveis que morou nas proximidades em 1818. Naquele ano, o homem de nome John F. Pierce construiu o poço. Depois disso, o acre foi vendido para Mary L. Pierce

“O poço provavelmente teria sido abandonado na década de 1870 a 1890, quando essa área recebeu água corrente pela primeira vez da Boston Water and Sewer. Nesse ponto, Mary faleceu e a propriedade foi transferida para outra pessoa com o nome de Hannah Bliss, que então vendeu a propriedade para a cidade de Boston para transformá-la em Ronan Park”, explicou Bagley.

Sobre arqueologia

Descobertas arqueológicas milenares sempre impressionam, pois, além de revelar objetos inestimáveis, elas também, de certa forma, nos ensinam sobre como tal sociedade estudada se desenvolveu e se consolidou ao longo da história. 

Sem dúvida nenhuma, uma das que mais chamam a atenção ainda hoje é a dos egípcios antigos. Permeados por crendices em supostas maldições e pela completa admiração em grandes figuras como Cleópatra e Tutancâmon, o Egito gera curiosidade por ser berço de uma das civilizações que foram uma das bases da história humana e, principalmente, pelos diversos achados de pesquisadores e arqueólogos nas últimas décadas.