Notícias » Mundo

Modelo é investigada por sessão de fotos ‘indecente’ em Saqqara, no Egito

Depois das postagens, Salma El-Shimy não publicou mais nada em suas redes sociais

Isabela Barreiros Publicado em 01/12/2020, às 07h00

Saqqara, no Egito
Saqqara, no Egito - Wikimedia Commons

O Ministério Público do Egito anunciou que está investigando o caso de uma modelo que realizou uma sessão de fotos controversa em Saqqara, no Egito, que abriga as mais importantes pirâmides antigas do país. As informações são do jornal egípcio Al-Ahram. 

A modelo egípcia Salma El-Shimy tirou fotos no importante local que foram consideradas “indecentes”. Ela estava vestindo roupas curtas e postou vídeos e fotografias na região em seu perfil nas redes sociais, que viralizaram e causaram polêmica. 

“O Ministério do Turismo e Antiguidades está sempre empenhado em preservar os sítios arqueológicos e a história da antiga civilização egípcia, e qualquer pessoa comprovadamente negligente na preservação dos direitos das antiguidades e da civilização egípcia será punida após a investigação da promotoria sobre o incidente”, disse o Secretário-Geral do Conselho Supremo de Antiguidades, Mostafa El-Waziry

Depois de publicar as imagens polêmicas, a egípcia não fez mais publicações e teve sua conta no Instagram desativada. Na Internet, a polêmica também foi alimentada por usuários, que comentaram que tal ação já foi praticada por muitas pessoas, até mesmo estrangeiros, no passado.