Notícias » China

Momento histórico: China lança sua terceira missão espacial; a primeira tripulada

Astronautas vão ajudar na construção da estação espacial chinesa

Fabio Previdelli Publicado em 17/06/2021, às 12h49

Momento do lançamento da Shenzhou-12
Momento do lançamento da Shenzhou-12 - Getty Images

Na manhã da última quinta-feira, 17, a China lançou sua terceira missão espacial: a Shenzhou-12, ou “Embarcação Divina”, que decolou às 9h22 do horário local do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, na província de Gansu, segundo explica a CNN. 

Os três astronautas a bordo da espaçonave foram levados para parte de uma estação espacial que está em construção. Com isso, de acordo com a CNN, a equipe vai passar a ser aquela com a estadia mais longa em órbita baixa da Terra — levando em consideração apenas cidadãos do país.  

Antes da Shenzhou-12, outras duas missões já haviam sido lançadas para auxiliar na construção, que começou em abril, quando o módulo Tinhae, o primeiro e maior deles, chegou à orbita, em abril desse ano.  

Os astronautas que participam da missão/ Crédito: Getty Images

 

Agora, Nie Haisheng, Liu Boming e Tang Hongbo vão ficar por três meses nos aposentos da futura estação espacial, que parece um cilindro pouco maior que um ônibus urbano, que servirá para o trio testar tecnologias do módulo — o que inclui ao de seu suporte de vida.  

Shenzhou-12 é a terceira de 11 missões programadas pela China, sendo que apenas quatro delas serão tripuladas — está é a primeira. Além do trabalho citado, os astronautas serão monitorados para saberem seus comportamentos no espaço físico e como reagem psicologicamente lá durante um grande período de tempo. Segundo a CNN, a próxima missão à estação espacial durará seis meses.