Notícias » Bizarro

Moradores de Santa Catarina recebem sementes misteriosas da China

Segundo autoridades locais, enquanto os pacotes ainda não são analisados, o ideal é que as plantas não sejam semeadas, consumidas ou jogadas no lixo

Pamela Malva Publicado em 17/09/2020, às 15h20

Pacote com as misteriosas sementes chinesas
Pacote com as misteriosas sementes chinesas - Divulgação/Gabriel Zapella/Cidasc

Já fazem alguns meses que pessoas ao redor do mundo vêm recebendo sementes misteriosas vindas da China. Dessa vez, alguns moradores de Santa Catarina acabaram encontrando pacotes não solicitados em suas portas, segundo o UOL.

Tudo começou com um homem de Jaraguá do Sul, que havia comprado um item de decoração pela internet. Junto do objeto, ele identificou alguns pacotes misteriosos e, sabendo da onda de envios bizarros em outros países, ele resolveu alertar a Secretaria de Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural do estado.

A entidade, por sua vez, acionou a Companhia de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), que acabou emitindo um alerta acerca das sementes chinesas. Segundo a entidade, os pacotes são um tipo de “brinde perigoso”.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Alerta: um brinde perigoso🚨 ⚠ A Cidasc alerta a população de Santa Catarina, especialmente produtores rurais, sobre pacotes de sementes recebidos pelos correios, provenientes de outros países. Recebeu algum pacote de semente sem que tivesse solicitado? ✅ Não Abra! ✅ Não Semeie! ✅ Não Jogue no Lixo! ☎ Procure o escritório da Cidasc do seu município ou ligue no 0800 644 6510 ou ainda pelo WhatsApp (48) 3665 7300 para que seja providenciado o recolhimento. ☎ Ou ainda contatar a Ouvidoria do Estado, no horário das 13h às 19h (Dias úteis) pelo 0800 644 8500 ou através do site: http://www.ouvidoria.sc.gov.br/cidadao/ ✅Proteja o Agro Catarinense! 👉 A matéria completa você acessa no link: https://bit.ly/2ZDURmO #Alerta #DefesaAgropecuária #Embalagem #Identificação #Orientação #Produtoresrurais #Sementes #Vegetal @governosc @agriculturaepescasc @creascoficial

Uma publicação compartilhada por Cidasc (@cidascoficial) em

 

Além do alerta, os moradores catarinenses ainda foram aconselhados a não plantarem, consumirem ou jogarem as sementes no lixo. Nesse sentido, é recomendado que os pacotes sejam levados até o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Por enquanto, após análises iniciais, autoridades norte-americanas não classificaram as sementes como sendo de origem prejudicial. Ainda assim, para a Cidasc, as encomendas misteriosas podem apresentar riscos de ervas daninhas, proliferação de pragas e até mesmo a disseminação de fungos, vírus e bactérias.

Uma das teorias para os envios misteriosos, acatada por autoridades catarinenses e estrangeiras, é que os pacotes fazem parte de uma estratégia de vendedores chineses. A fim de aumentar suas classificações em diversos sites, os comerciantes realizam compras falsas pela internet, utilizando endereços aleatórios.