Notícias » Mundo

Morcegos trocam beijos sangrentos em rituais de acasalamento, aponta estudo

As pesquisas foram realizadas com animais da espécie Desmodus rotundus, a única que se alimenta de sangue de mamíferos

Pamela Malva Publicado em 24/03/2020, às 08h00

Imagem meramente ilustrativa de morcegos
Imagem meramente ilustrativa de morcegos - Wikimedia Commons

De danças elaboradas, a exibir suas penas coloridas, os animais têm todo tipo de ritual. Segundo publicado na revista Current Biology, os morcegos vampiros têm o costume de trocar beijos com bocas ensanguentadas.

Para o estudo, cientistas analisaram os comportamentos de dois diferentes grupos de morcegos durante 15 meses. Chamados de Desmodus rotundus, os pequenos animais são a única espécie que se alimenta com sangue de mamíferos.

A fim de atingir números e resultados autênticos, os especialistas juntaram morcegos de regiões completamente diferentes. Dessa forma, não haveria possibilidade dos animais se conhecerem antes do primeiro contato, durante a pesquisa.

Imagem meramente ilustrativa de morcego voando / Crédito: Wikimedia Commons

 

Uma vez juntos, alguns dos morcegos começaram a se limpar, da mesma forma que fazem os primatas. A partir daí, os animais estavam mais confortáveis entre si e passaram a compartilhar refeições, dividindo o sangue através do contato entre suas bocas — daí a ideia de pequenos beijos.

Os cientistas ficaram surpresos quando perceberam que quase 15% dos morcegos analisados tiveram o mesmo comportamento, mesmo que o parceiro fosse desconhecido. Para os especialistas, a motivação vai muito além da sobrevivência — os morcegos desta espécie precisam tomar sangue a cada três dias.

Segundo o estudo, é possível que os morcegos usem o compartilhamento do sangue como uma forma de cuidado social, uma maneira de formar vínculos com outros indivíduos. Ainda mais, os beijos sugerem uma suposta forma de testar um companheiro, antes de escolher com quem acasalar.