Notícias » África do Sul

Morre aos 116 anos, Fredie Blom, considerado uma das pessoas mais velhas do mundo

O homem que havia sobrevivido à Gripe Espanhola faleceu na África do Sul por causas naturais

Penélope Coelho Publicado em 22/08/2020, às 13h13

Fotografia de Fredie Blom
Fotografia de Fredie Blom - Divulgação / Youtube / News24/ 16 de maio de 2019

De acordo com informações da agência de notícias AFP em reportagem publicada pelo UOL, neste sábado, 22, um homem de 116 anos — considerado uma das pessoas mais velhas do mundo — faleceu na África do Sul. Trata-se de Fredie Blom, nascido em 8 de maio de 1904.

Na época de sua adolescência ele enfrentou a Gripe Espanhola, sua família não se salvou, mas, Blom passou ileso. Há alguns meses, em entrevista para a AFP, o sul-africano afirmou que teve uma longa existência concedida pela “graça de Deus”.

A informação da morte de Fredie foi confirmada por seus familiares, que afirmaram que o idoso morreu por causas naturais e que seu falecimento não teve nenhuma relação com a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o livro dos recordes, Guinness, o homem considerado o mais velho do mundo era o britânico Bob Weighton, de 112 anos, que morreu em maio deste ano em decorrência de um câncer. Contudo, a população da África do Sul considerava Blom como o mais velho não oficial.