Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Padre

Morre homem que teria furtado paróquia e foi atropelado por padre

Após Ângelo Marcos dos Santos Nogueira ter invadido casa paroquial e supostamente roubado roupas, ele foi atropelado pelo padre Gustavo Trindade dos Santos

Fabio Previdelli Publicado em 28/07/2022, às 10h19

Momento em que ladrão é atropelado - Divulgação/Twitter/@pejulio
Momento em que ladrão é atropelado - Divulgação/Twitter/@pejulio

Ângelo Marcos dos Santos Nogueira, que foi atropelado pelo padre Gustavo Trindade dos Santos, em maio deste ano, acabou falecendo na manhã da última quarta-feira, 27. Ângelo era suspeito de furtar uma casa paroquial em Santa Cruz do Rio Pardo (SP).

Após o atropelamento, o homem acabou sendo internado na Santa Casa de Santa Cruz do Rio Pardo. Ele chegou a apresentar sequelas por conta do episódio, como dificuldade de comunicação, perda de massa muscular e até mesmo a necessidade de usar fraldas. 

O sujeito ainda chegou a ser hospitalizado outras vezes, mas acabou recebendo alta médica para continuar tratamento em casa. Semanas atrás, entretanto, ele voltou a dar entrada em um hospital. 

Padre denunciado

Por conta do episódio, conforme relatado pelo G1, o Ministério Público denunciou o pároco por tentativa de homicídio, com o atenuante que de "utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima"; visto que, de acordo com o promotor Reginaldo Garcia, a vítima foi atingida sem que "pudesse supor ou esperar semelhante atitude". 

Agora, com o óbito de Santos Nogueira, o delegado que investigou o caso, Valdir de Oliveira, disse que novas perícias deverão ser realizadas para dizer se a morte do homem possui ligações com o atropelamento. Caso os dois episódios estejam relacionados, o caso poderá ser tratado como homicídio e não mais como tentativa.


Relembre o caso

Na noite de 7 de maio, um sábado, um sujeito foi preso em flagrante após arrombar a janela de uma Igreja Católica em Santa Cruz do Rio Pardo, no interior de São Paulo, e fugir levando da casa paroquial três moletons e uma camiseta. 

Ângelo Marcos dos Santos Nogueira só foi detido porque acabou sendo atropelado após o furto e precisou ser internado na Santa Casa, devido ao seu estado de saúde. O atropelamento aconteceu por volta das 20h04, na Avenida Tiradentes, segundo registrado por câmeras de segurança.

O vídeo mostra que após o automóvel atingir o ladrão, o motorista deu uma ré, manobrou o veículo e foi embora sem prestar ajuda ao rapaz. O que torna a situação ainda mais inusitada, segundo noticiado pelo G1, é que o condutor do carro era o próprio padre da paróquia, Gustavo Trindade dos Santos.


++O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir!