Notícias » Brasil

Morre jumento que se acidentou com avião que levava vacinas para a Bahia

O caso aconteceu ontem 3, na cidade de Ibotirama, no oeste do estado

Fabio Previdelli Publicado em 04/03/2021, às 15h41 - Atualizado às 15h42

A aeronave transportava quatro caixas do imunizante
A aeronave transportava quatro caixas do imunizante - Divulgação/Gazeta 5

A 28ª Companhia Independente da Polícia Militar da Bahia informou que um dos jumentos envolvidos em um acidente com o avião da Casa Militar do governo da Bahia, que transportava doses de vacina contra a Covid-19, acabou não resistindo aos ferimentos e morreu.  

O caso aconteceu ontem 3, na cidade de Ibotirama, no oeste do estado. Na ocasião, a aeronave que trazia os imunizantes se chocou com o animal logo depois que pousou na pista do aeródromo da cidade. 

A PM, que acompanhou o caso, informou que o jumento morreu ainda no local. Até um primeiro momento, divulgou-se que apenas um animal estava presente no acidente, no entanto, descobriu-se que outro asno também estava no local. Por sorte, este segundo não sofreu ferimentos.  

Em suas redes sociais, o prefeito da cidade, Laércio Santana, divulgou um vídeo lamentando o ocorrido e afirmou que buscará implantar proteções para o entorno do aeródromo. "Os donos de animais soltos e/ou abandonados estão sendo notificados e os animais recolhidos. As medidas cabíveis serão tomadas e estamos buscando a reforma nas cercas do aeroporto, uma vez que os arames colocados na última reforma foram subtraídos mais uma vez". 

Já com relação a aeronave, a PM informou que a hélice esquerda do avião foi danificada e o veículo foi projetado para fora da pista. No entanto, a Secretaria de Saúde da Bahia comunicou que as caixas com as vacinas não foram afetadas. Com isso, outra aeronave foi deslocada para ajudar na entrega dos imunizantes.