Notícias » Roma

Mosaico intacto de 2 mil anos é encontrado sob Monte Aventino, em Roma

Além da peça em preto e branco, pesquisadores desenterraram objetos raros incluindo uma tigelas, lâmpadas e chaves

Alana Sousa Publicado em 07/10/2020, às 13h00 - Atualizado às 13h01

Mosaico encontrado em Roma
Mosaico encontrado em Roma - Divulgação/Domus Aventino

No Monte Aventino, uma das sete colinas nas quais a cidade de Roma foi fundada, pesquisadores desenterraram um fascinante mosaico preto e branco, datado em dois mil anos atrás. As escavações estavam em andamento desde 2015, em um condomínio que passava por obras, e agora ficarão abertas para visitantes.

A antiga vila romana, que primeiramente foi lar de pessoas comuns, passou a ser, no Império Romano, abrigo para pessoas de poder. Isso se comprova também nos ricos detalhes das peças encontradas, como mosaicos, lâmpadas, chaves, torneira de água e, ainda, tigelas com desenhos de Atenas e Hércules esculpidos.

Parte da parede e do mosaico desenterrado / Crédito: Divulgação/Domus Aventino

 

Por dois milênios o complexo ficou escondido da humanidade, e por acaso veio à tona. Os artefatos foram localizados em um prédio que passava por reformas para proteger moradores de possíveis terremotos.

“Você pode ver pela riqueza das decorações e dos mosaicos que a vila pertenceu a uma pessoa poderosa, provavelmente ligada à família imperial”, disse em entrevista ao Telegraph, a oficial sênior do patrimônio cultural de Roma, Daniela Porro.

Cinco anos depois, a descoberta será aberta ao público em forma de um museu subterrâneo. Visitantes entraram no complexo e serão guiados ao subsolo onde a vila romana será replicada.