Notícias » Religião

Mosteiro de São Bento está sob intervenção do Vaticano

Dois jovens afirmam terem sido vítimas de assédio sexual no local, quando ainda eram menores de idade

Redação Publicado em 06/12/2021, às 10h18

Mosteiro de São Bento, em São Paulo
Mosteiro de São Bento, em São Paulo - Divulgação/Wikimedia Commons/Maik Pereira

Após dois jovens acusarem religiosos de assédio sexual de menores, no tradicional mosteiro de São Bento, localizado no centro de São Paulo, o local está sob intervenção do Vaticano.

De acordo com uma reportagem exibida pelo programa Fantástico, da Rede Globo, na noite do último domingo, 5, uma investigação a respeito das acusações está em andamento.

Em entrevista, um dos jovens que denunciou o caso afirma que tinha 16 anos quando pretendia seguir uma vida religiosa, mas, teve os planos interrompidos ao ser vítima de abuso:

Você vai para um lugar onde acha que é um lugar que existe a presença de Deus, e você conhece mais a face do demônio", disse a vítima que preferiu não de identificar.

Segundo revelado na publicação, a investigação já dura mais de um ano, quatro membros da Igreja Católica foram acusados de abuso sexual pelo Ministério Público. Um deles morreu por complicações causadas pela Covid-19, no ano passado.