Notícias » Bizarro

Motorista é demitido por colocar frases cômicas em letreiro de ônibus em Campinas

A cooperativa responsável pelo serviço acredita que a alteração ocorreu com o auxílio de um software instalado em um pen drive. Entenda o caso!

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 14/08/2021, às 10h39

Ônibus com letreiro "Aceitamos Xerecard"
Ônibus com letreiro "Aceitamos Xerecard" - Divulgação / Redes sociais

Um funcionário da cooperativa de transportes de Campinas, município a 93 km da cidade de São Paulo, foi demitido na última sexta-feira, 13, após uma investigação da empresa sobre alterações em letreiros dianteiros de ônibus, colocando mensagens cômicas como "Aceitamos Xerecard", "Palmeiras não tem mundial" e "Nave monstro".

O caso, revelado pelo jornal Folha de S. Paulo, foi analisado após uma denúncia no dia anterior à Setransp (Secretaria Municipal de Transportes) e a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), relatando que a linha 192 da Cooperatas circulava com as curiosas mensagens. Os órgãos constataram que o veículo não estava em operação, mas no trajeto até a garagem, sendo reservado para retomar as operações.

Amplamente divulgado em redes sociais, a cooperativa que proporciona o serviço revelou que o método de alteração consiste em um programa, possível de ser baixado via internet, e instalado em um pendrive, possibilitando as frases consideradas "inoportunas" pelo presidente da Cooperatas, Walter Rocha, em entrevista à Folha.

No horário do trabalho dele, diretamente relacionado com o passageiro, ele fez o correto. No intervalo, voltando para a garagem, colocou uma posição indelicada. [...] Se fosse funcionário da cooperativa, ele seria demitido, porque respeitamos muito as mulheres", concluiu o presidente.