Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / São Paulo

Após 'caos', mulher que perdeu jiboia encontra o animal: 'Dentro do fogão'

O animal, conhecido como Sylas, fugiu do apartamento de sua dona, localizado em São Paulo

Alan de Oliveira | @baco.deoli sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 27/06/2022, às 09h01 - Atualizado às 09h30

Foto da jiboia desaparecida e post nas redes sociais - Divulgação/ Instagram @sylas_snake
Foto da jiboia desaparecida e post nas redes sociais - Divulgação/ Instagram @sylas_snake

Uma jiboia de estimação conhecida como Sylas fugiu do aparatamento de sua dona, localizado na região de Perdizes, capital de São Paulo. No domingo, 26, a mulher anunciou uma recompensa caso alguém encontre o animal, conforme a apuração do portal de notícias G1. Agora, conforme declarado pela dona, o caso teve um desfecho feliz.

"O Sylas foi encontrado ontem à noite, dentro do fogão. Eu havia olhado anteriormente, mas acredito que ele estava em uma posição que não dava para ver. Ontem ainda estava inconformada e conversei com muitos biólogos, pessoas da área e até mesmo com amigas que também possuem esses animaizinhos e todos tinham certeza que ele ainda estaria no apartamento", disse a dona do animal em nota.

Ela aproveitou para pedir desculpas pelo 'caos' gerado diante da fuga do animal.

"Peço desculpas pelo “caos” gerado pelos arredores, mas como disse, eu revirei aqui de ponta cabeça e como a janela do quarto estava aberta, decidi alertar a vizinhança que ele poderia ter ido a algum lugar fora daqui, eu estava desesperada e preocupada com o que poderiam fazer com ele a solta por aí sem saberem que é um pet."

O desaparecimento

Os moradores do bairro prestaram queixas sobre o caso, pairando o sentimento de medo entre todos. A cuidadora do animal — identidade não revelada — disse por meio das redes sociais, que a última vez que viu a serpente, foi na segunda-feira, 20. Ao procurar no dia seguinte, 21, notou que não estava no local destinado a sua moradia na casa e assim, começou a se preocupar ao ponto de avisar as autoridades.

Rasguei o sofá, a cama, empurrei guarda-roupa, desmontei chapa de fogão, geladeira, olhei máquina de lavar. Eu realmente não sei", disse a cuidadora em publicação nas suas redes sociais.

Paradeiro e preocupações

Na quinta-feira, 24, o desaparecimento chegou ao conhecimento da Polícia Ambiental e ao entrarem em contato com a mulher, disseram que juntos, aguardam as imagens de câmeras de segurança para tentar localizar a jiboia.

Segundo as informações passadas pelo biólogo Marcelo Ribeiro Duarte, do Laboratório de Coleções Zoológicas do Instituto Butantan, ao portal ‘G1’, o principal perigo da jiboia é que o animal morda alguém desavisado que não perceba sua presença ou tente manipulá-la, pois ela não tem veneno.

Como esta espécie não é peçonhenta, não há risco nenhum de envenenamento, mas o trauma mecânico de sua mordedura é potencialmente muito dolorido", destacou o biólogo na entrevista.