Notícias » Brasil

Mulher do DF que teve relações com mendigo é diagnosticada com transtorno mental

O morador de rua que estava no carro dela foi espancado por seu marido

Redação Publicado em 29/03/2022, às 12h26

Trecho de vídeo capturado por câmera de segurança do local do acontecimento
Trecho de vídeo capturado por câmera de segurança do local do acontecimento - Divulgação/ Youtube

No início de março, o caso do personal trainer do Distrito Federal que encontrou sua esposa tendo relações íntimas com um morador de rua dentro de um carro chocou o Brasil.

A mulher está internada desde então para tratamento de possíveis problemas psicológicos, e nesta segunda-feira, 29, ela recebeu um diagnóstico: Transtorno Bipolar. O laudo foi emitido pelo Hospital Universitário de Brasília, conforme repercutido pelo UOL. 

Alguns dos sintomas apresentados pela brasileira são "alucinações auditivas", "delírios grandiosos e de temática religiosa", "tendência a hiper religiosidade", alteração de humor, "tendência a realizar gastos excessivos" e "comportamentos desorganizados e por vezes inadequados". 

De acordo com informações divulgadas pela Globo, a advogada que representa o casal, Auricélia Vieira de Souza, afirmou que por enquanto não existe um prazo para a mulher receber alta, uma vez que ela ainda necessita de "cuidados de saúde física e mental". 

Relembre o caso

Eduardo Alves, que espancou o morador de rua com quem encontrou sua mulher, defendeu posteriormente a defendendo de um abuso sexual. O vídeo feito pela câmera de segurança que registrou a agressão, por sua vez, viralizou nas redes sociais.

Giraldo Alves, o homem em situação de rua, explicou em uma entrevista ao jornal Metrópole que suas interações com a esposa do personal teriam ocorrido a convite dela, sendo assim consensuais. 

Ele estaria andando na rua quando foi chamado para "namorar". O momento íntimo foi interrompido pela chegada de Eduardo, que trocou socos com Giraldo. "Eu não fiz nenhum mal para ser agredido (...) Sou a única vítima", relatou o homem na mesma conversa.