Notícias » Família Real Britânica

Mulher é pedida em casamento por golpista que se passava por Harry

As autoridades indianas informam que a cidadã caiu em um golpe virtual

Penélope Coelho Publicado em 14/04/2021, às 11h59

Fotografia do príncipe Harry
Fotografia do príncipe Harry - Wikimedia Commons

De acordo com informações repercutidas na última terça-feira, 13, pelo portal Extra, um acontecimento inusitado envolvendo o nome do príncipe Harry aconteceu recentemente na Índia.

Segundo revelado na publicação, uma mulher chamada Palwinder Kaur, realizou uma petição para que as autoridades indianas prendessem o duque de Sussex, após a cidadã ter sido supostamente pedida em casamento por Harry.

Segundo Kaur, ela estava se relacionando com um homem virtualmente. Ela disse que o cidadão que se identificava como o príncipe pediu para casar com ela, mas nunca cumpriu o pedido.

Entretanto, as autoridades que investigam o caso acreditam que a mulher foi enganada em um golpe on-line. Mesmo assim, Palwinder acreditava veementemente que conversava com o filho de Lady Di, que atualmente mora nos Estados Unidos e é casado com a ex-atriz Meghan Markle.

O tribunal que recebeu a ação de Kaur rejeitou o processo da mulher e informou que não há provas de que a indiana estava falando com o príncipe. Além disso, a corte a alertou sobre os golpes de perfis falsos nas redes sociais. "Este tribunal pode apenas demonstrar simpatia por ela, que acreditava que a conversa falsa fosse verdadeira", finalizou a decisão do tribunal.