Notícias » Brasil

Mulher é presa após matar filho recém-nascido e jogar corpo no lixo

O caso aconteceu em Brasília e está sendo investigado

Penélope Coelho Publicado em 12/10/2021, às 09h15

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação/Pixabay/esudroff

Na última segunda-feira, 11, a Polícia Civil do Distrito Federal prendeu uma mulher de 41 anos, que trabalhava como diarista. Ela é investigada por ter matado o próprio filho recém-nascido. O caso aconteceu na Vila Telebrasília, Asa Sul, em Brasília.

Uma jovem de 21 anos — filha mais velha da suspeita — informou às autoridades que após parir, a mulher teria arrancado o cordão umbilical com as próprias mãos. Depois disso, teria matado o bebê e jogado seu corpo no lixo.

De acordo com informações publicadas pelo portal Metrópoles, após o parto, o Corpo de Bombeiros da região foi acionado pela própria filha da mulher, já que a cidadã apresentou hemorragia.

Segundo as autoridades, a investigada foi encaminhada para um hospital, ao entenderam o caso, os profissionais da saúde acionaram a polícia e a mulher foi autuada em flagrante. Posteriormente, o corpo do recém-nascido foi localizado pelos responsáveis pela investigação.